Passo 4 - Fazer o apontamento do DNS (seja da zona DNS inteira ou apenas das entradas via CNAME)

Este é o último passo para utilizar os serviços da GoCache.

 

Após adicionar um domínio, configurar o cacheamento e o SSL (quando aplicável), a modificação no DNS direcionará seu tráfego para a CDN.

 

Existem duas formas de utilização da CDN:

  • Nameserver - é a utilização dos servidores DNS da GoCache, que fica responsável por todas as entradas do seu domínio. Caso opte por esta modalidade de uso você deve gerenciar todas as entradas de DNS, sejam elas do site, blog ou e-mail, no painel da GoCache em "Websites & DNS".

  • CNAME - nesta forma de utilização você configura no seu servidor de DNS o apontamento apenas das entradas que deseja direcionar para a CDN, utilizando o tipo de entrada CNAME.

 

Não existe diferença de desempenho entre as opções, porém a única forma de direcionar o domínio raiz (sem www) para a CDN é através da opção "Name Server". Isto ocorre porque a maioria dos servidores DNS não permite que o domínio raiz seja apontado para uma entrada do tipo CNAME.

 

Para escolher o modo de utilização da CDN, acesse o menu "Configurações", aba "CDN":

Para utilizar os servidores DNS da GoCache, utilize este tutorial.

Para utilizar a plataforma GoCache via CNAME, utilize este tutorial.

 

Caso restem dúvidas fique à vontade para contatar nosso atendimento no suporte@gocache.com.br.

 

Se quiser informações mais detalhadas sobre nossa plataforma, acesse nosso Manual GoCache CDN.

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Artigo fechado para comentários.
Powered by Zendesk